Entenda mais sobre a disputa patentária entre Apple e Samsung

Por Bruno Romani
Fonte: Folha de São Paulo, 17 de novembro de 2011

Protagonizada por Apple e Samsung, a batalha jurídica mais quente do ano envolvendo patentes já soma mais de 20 processos e tomou rumos favoráveis para a empresa da maçã em outubro, depois de uma série de decisões em tribunais da Europa, dos Estados Unidos e da Austrália.

As vitórias da Apple estão ligadas aos tipos de patentes que as duas empresas tentam proteger. Enquanto a fabricante do iPhone acusa a Samsung de copiar o design de seus produtos, a empresa coreana parte para processos que envolvem questões mais técnicas, como detalhes da tecnologia do 3G.

Considera-se que as patentes reclamadas pela Samsung pertencem a um grupo chamado patentes Frand.

Esse grupo é considerado vital para o avanço da indústria ao qual pertence. Por isso, as empresas colocam essas patentes à disposição da concorrência, para que todas adotem os mesmos padrões.

“Companhias que têm patentes Frand não podem usá-las para barrar produtos de rivais”, explica o analista do setor Florian Müller.

Esse princípio rendeu à Apple uma recente vitória indireta. No último dia 3, a Comissão Europeia de Competição decidiu investigar a Samsung por supostos abusos de patentes Frand nas ações contra a Apple no continente.

Na última sexta, porém, a Samsung renovou suas esperanças. O Tribunal Regional de Mannheim, Alemanha, sugeriu que pode conceder uma liminar contra produtos 3G da Apple em janeiro.

Apesar dessa decisão, o histórico recente é pró-Apple.

Em 13 de outubro, foram duas vitórias dos americanos, uma na Austrália e outra nos EUA. A mais significativa delas foi no tribunal australiano, que proibiu temporariamente as vendas do Galaxy Tab 10.1 por suspeita de quebra de duas patentes.

Em seguida, a Apple recebeu sentenças favoráveis na Europa. A mais importante foi na Holanda, que diz que a Samsung não pode tentar barrar produtos da Apple por conta das patentes Frand.

Na segunda-feira (14), a Samsung anunciou que não vai tentar bloquear as vendas do iPhone 4S em seu país.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s