Kurt Cobain é ressuscitado com inteligência artificial para música póstuma

‘Drowned in the Sun’ é parte de projeto que celebra artistas mortos aos 27 anos e estimula boa saúde mental.

Fonte: Ilustrada / Folha de São Paulo

Uma música póstuma do cantor e compositor americano Kurt Cobain foi lançada nesta segunda-feira (5), data em que a morte do artista completa 27 anos. A faixa, intitulada “Drowned in the Sun”, foi produzida com o uso de inteligência artificial.
A nova música de Cobain é parte de um projeto da organização canadense Over the Bridge, que surgiu em 2017 e promove ações musicais de incentivo à boa saúde mental.

O projeto “As Fitas do Clube dos 27” celebra músicos que morreram aos 27 anos em meio a crises de saúde mental, como Cobain, que se matou em 1994.

“Drowned in the Sun” foi produzida com programas digitais como o Google Magenta, além da voz do músico Eric Hogan, cover de Cobain e vocalista na banda Nevermind: The Ultimate Tribute to Nirvana.

“Quanto mais arquivos Midi você inserir, melhor será”, afirma Sean O’Connor, membro do conselho de diretores da Over the Bridge, em entrevista à revista Rolling Stone. “Então, pegamos cerca de 20 a 30 músicas de cada um de nossos artistas, em arquivos Midi, e dividimos em gancho, solo, melodia vocal e guitarra base.”

Kurt Cobain ganhou fama como vocalista do Nirvana, banda grunge consagrada como um dos maiores nomes da cena musical da década de 1990.